Saturday, March 01, 2008

ontem em Fânzeres - obra premiada: Vago - o Olhar

Ontem vivi um momento muito especial em Fânzeres num acolhimento enternecedor.

--
Sou eu aqui sentada no cimo da rocha, cuja silhueta os navios descortinam ao longe quando cortam aquela linha do outro lado do horizonte.
Sou eu aqui, o mundo a meus pés, ao antes, o mar. Fico nele e ele em mim. Sou apenas mais uma sombra que o céu tolera, sem asas de pássaro, sem pio, sem grito, sem esvoaçar. Sou apenas eu aqui sentada, eu e o mar, eu e o mundo, e talvez um navio que me veja ao longe.


Marta Dutra, Vago- o Olhar

17ª edição do Prémio Nacional de Poesia de Vila de Fânzeres

3 comments:

Anita e Miguel said...

Parabéns pelo prémio, pelas palavras e pela simplicidade.

Assim são os anseio e as alegrias destas gentes de bruma e festa.

Boas linhas.

Miguel de Sousa Azevedo.

www.portodaspipas.blogs.sapo.pt

paulita mulher metálica said...

Muitos parabéns!!!
Abraço de aço

MMO said...

Muitos parabéns, mais livros publicados e desculpas por ter "roubado" a foto.