Tuesday, November 20, 2007

reticências - João Ricardo Lopes

a cortina foi empurrada
um pouco para a esquerda
apenas um pouco, mal se nota.
ela, a do rosto, é bonita
mas não a direi assim:
di-la-ei antes pensativa, circunspecta
poisando os olhos decerto aí
ali, quem sabe no alvoroço de que esquina.
tem (terá) trinta anos ou menos.
menos, sem dúvida:
vinte e cinco talvez.
debaixo de algum glacial da expressão
vêem-se a espaços picos de luz
e são eles que esforçam por abrir
por ser a difícil clareira
contra razões tão cerradas.
a cortina voltou a tapar tudo
não se vê o rosto dela
não se sabe o quê, como ou porquê
somente isto, somente a noção
de que não existem pontos finais —
reticências quando muito


por João Ricardo Lopes

No comments: