Thursday, April 19, 2007

Sou do tamanho do que vejo

Peripécia Teatro Fernando António Nogueira Pessoa (Fernando Pessoa)


"O espectáculo nasce de alguns textos que, como fragmentos encontrados no mítico baú do autor, se convertem numa mensagem ao público, como as que lançavam os náufragos das suas ilhas desertas. Vai-se tecendo um diálogo com o espectador, feito de cumplicidades, confissões, graças, reprovações, mal-entendidos e surpresas… e em que os actores brincam a ser um e vários ao mesmo tempo, algo muito próprio de todas/os as/os Pessoas. Atrever-se a seguir Fernando Pessoa, é atrever-se a olhar o mundo e nós próprios com uma radical transparência, desfazer os preconceitos, as grandes ideologias, os grandes sistemas de pensamento. É descobrir como crianças a terrível beleza que nos rodeia e a partir daí aprender a ser outros… Nada parece mais necessário e actual."
Assisti e adorei!

No comments: